quinta-feira, 14 de julho de 2016

dando para o amigo do futebol

Não aguentei e dei pro meu amigo.
Olá meu nome e Everson, sou loiro olhos claros 1,68 com membro de 15 cm pequeno, há um tempo atrás aconteceu algo "diferente" comigo, não me considero gay sabe mas saca só o que rolou hummmmmmm... 
Eu morava num bairro afastado do centro da cidade, lá haviam varias chácaras dentre elas algumas abandonadas e em uma delas morava ou mora um amigo chamado Dani, costumava jogar bola toda semana lá com outros vários amigos. Entre eles tinha um em especial, o Cássio, um moreno claro, magro, de mais ou menos 1,70m , com uma rola de 17cm não exageradamente grossa.
Como disse sempre jogamos bola no campo do Dani nos fins de tarde e de uns jogos pra cá eu percebi que o Cássio estava com umas atitudes estranhas tipo, eu pegava na bola e ele como adversário sempre me cochava e persebia sua mala roçando na minha bunda eu ficava em choque sem graça mas tudo bem não passava disso.
Numa noite linda enluarada fomos, como sempre, bater uma bolinha cheguei primeiro falei com Dani e fui pro campo fiquei la no aquecimento aguardando a galera chegar.... não demorou muito o Cássio tbm chegou e ficamos chutando de gol a gol, depois começamos a brincar de drible e de novo eu pegava na bola e o safado vinha e me cochava mas dessa vez tinha algo diferente ele estava com seu pau duro, confesso que quando encaixava direitinho no meu rabinho ficávamos parados e eu meio que rebolando no seu colo mas claro fingindo que estava protegendo a bola, não demorou muito e eu tbm já estava com o pau durasso ... bom muito se passou e extranhamente ninguém chegou para o jogo e eu já tava querendo ir embora pois nem o Dani que era o dono da casa saiu pro campo.
_ Cássio vamos embora? Perguntei sem intenção nenhuma.
_Ah não, vamos jogar truco na edícula então. Respondeu ele exibindo seu volume ereto por baixo da bermuda.
Bom fomos jogar truco pra esperar mais um pouco pra ver se chegava alguém. Jogamos uma, duas, três varias quedas até que ele quis deixar o jogo mais interessante .
- vamos apostar?
-Apostar o que Cássio? to sem grana.
- não estou falando de dinheiro.
-o que então. Já imaginei o que ele ia falar, e então.
- quem perder da o cu pro outro, topa?
A pergunta ficou no ar pq eu congelei, pensei, pensei, olhei bem pra ele pro relógio e sabia que ninguém ia chegar mesmo e respondi.
-topo, mas não aqui. Como ele e mtu Maquiavel já tinha tudo, literalmente, armado em sua cabeça.
- tranquilo a gente vai na chácara do do quarteirão ao lado. Tal chácara era abandonada e nessa hora a partida decisiva era mera desculpa pra ele ter certeza que ia socar a rola em mim. Começamos a última e valiosa partida, truco, seis, nove, doze advinhem? Ele ganhou claro....
-vamo pra lá, combinado não é caro vai ter que dar. Disse Cássio cheio de tesão
-Vamos! 
respondi confuso mas com muita vontade de sentir seu cacetao torando no meu rabo. Bom, chamamos o Dani, nos despedimos e fomos "embora" só que não.. kkkkk descemos a rua escura, iluminada apenas pela lua que estava cheia; chegando em frente a tal chácara abandonada Cássio dispara:
-vamos pular o portão
_mas Cássio, será que não tem perigo acho melhor deixar pra lá essa ideia. Nessa hora eu já tava fazendo doce, dando uma de macho kkkkk 
_não tem perigo nenhum vamos.!
Disse Cássio que logo pulou pra dentro da chácara e eu sem pensar pulei atrás....eu nunca havia entrado lá mas ele pelo que parece ele sim pois me guiava a todo tempo pela claridade da lua mas a caminho do "escuro" da varanda, quando chegamos confesso que não sabia o que fazer pq eu nunca havia feito isso com ninguém, nem com mulher.... mas , de novo , ele sabia exatamente como conduzir a situação, mandou que eu olhasse pelo canto da parede pra ver se tava "limpo" a área quando me inclinei pra ver, senti ele encostar seu pau mega duro na minha Bundinha que estava bem a vontade pois shorts de jogar bola e bem fininho, deu pra sentir o tamanho do membro encaixando certinho na minha bunda hummmmm sem pensar comecei a rebolar, nessa hora meu pau já estava quase estourando de tanto tesão, logo ele trouxe sua mão e pegou no meu pau primeiro por fora da roupa logo foi entrando por dentro da minha cueca até encher a mão e começou a me punhetar, tirei a camiseta pois estava muito calor, ele tirou tbm senti seu peito peludo roçando minhas costas ai que delicia. Depois Cássio foi tirando seu calção e cueca e logo apontou seu mastro pra fora, nossa senhora meu coração tava batendo na porta do meu cuzinho nessa altura, tbm tirei meu calção e cueca tudo junto,coloquei espalhado no chão criando uma especie de forração pra podermos deitar neh UI.
Fiquei de quatro com o rabo bem empinado e a cabeça encostada no chão igualzinho uma puta no cio, Fechei meus olhos e aguardei ele fazer o resto.
Primeiro senti suas pernas encostar nas minhas, depois senti uma coisa bem geladinha na portinha do cusinho era ele lubrificando com saliva rsrsrs logo em seguida o ápice senti algo que não tem explicações, só sentido mesmo pra saber o que e uma cabecinha de rola quente passando no na porta do rabo, puta que pariu que delícia, até ai tava tudo certo, gostoso e tals mas quando ele começou a forçar adentro a coisa ficou seria, tava doendo pra cacete, sem trocadilho, daí lembrei o que um viadinho da minha escola havia dito numa certa vêz: "força como se fosse cagar que não doi" foi o que fiz ele vinha forçando e eu ia forçando contra hummmmmmm entrou e não doeu mais entrou mesmo encostou as bolas na minha bunda pois levei a mão por baixo pra conferir e a rola tava enterrada inteirinha no meu rabo hummmmmm 
_ Cássio bomba vai! Porque falei issso gente, ele começou o vai e vem e logo tava socando mtu forte como se o mundo fosse acabar ele socava me puchava pela cintura dava tapa na minha bunda e tapas fortes socava como um cavalo macho sem dó nem piedade.... ele começou a hurrar de tanto tesão seu pau tava imenso bombando meu cu tava liso leve macio eu sinseramente pensei que ia doer mais, mas nao estava muito gostoso e safado, ele bombava e eu rebolava aquele barulho da bunda batendo na virilha dele me deixava louco de tesão..... ele foi bombando e perguntou:
_posso gozar dentro?
_ claro que sim.
Ahhhhhh senti um jato quente na portinha do meu cuzinho, quente e grosso o caldo, Cássio urrava de tesão.... foi uma delícia e nunca mais dei pra ninguém, digo só uma outra vez mas ai já .